Agitado início de 2018   -   (Gilberto R. da Silva – advogado)

                                          lawmantp@hotmail.com

 

 

            BRIGADA MILITAR – Nas últimas semanas Três Passos viveu dias agitados na esfera da segurança pública. Os brigadianos estão tendo muito trabalho. A última notícia (pelo menos até o encerramento desta coluna) foi a prisão da dupla de assaltantes que já havia praticado vários roubos na cidade num curto espaço de tempo. A ação dos policiais é digna de elogios. A técnica usada na perseguição aos meliantes e a execução da prisão foram de orgulhar quem paga seus impostos para ter uma polícia militar eficiente e bem preparada. Contrastando com as cenas lamentáveis de brigadianos que na cidade de Porto Alegre deram um “show” de incompetência para fazer uma simples abordagem a um “louco peladão”. Os brigadianos do interior do Estado muitas vezes são subestimados na sua capacidade, mas a ação da terça-feria, dia 06, que levou para cadeia os assaltantes deixou claro que não é bem assim.

 

            BRIGADA MILITAR II -  E ao elogio à  ação dos brigadianos deve ser dada ainda mais ênfase pelo fato de o governo do Estado, por iniciativa do governador José Ivo Sartori, estar atrasando todos os meses os salários da Brigada Militar e demais servidores públicos. Ou seja, aqueles brigadianos que cumpriram com sua obrigação de forma exemplar estão convivendo há aproximadamente três anos com atrasos de salário. Mesmo assim não deixam de fazer o trabalho para o qual foram contratados. E isso apesar do tremendo desrespeito ao qual são submetidos mensalmente.  Aliás, nesse quesito Três Passos pode se orgulhar, afinal, temos também os funcionários do Hospital de Caridade que convivem com o mesmo problema e nem por isso deixam o profissionalismo de lado.

 

            PIOR GOVERNO DA HISTÓRIA DOS GAÚCHOS – Que partidos como o PMDB e PSDB só pensam em vender (privatizar) patrimônio público não é novidade para ninguém. Observo que não entrarei no mérito se isso é certo ou errado. Faço apenas uma afirmação que é de conhecimento geral. Mas o governo Sartori está se superando quando o assunto é incompetência. Principalmente na área da segurança pública. O Rio Grande do Sul há muito é um Estado violento, porém, desde que o PMDB assumiu o poder na última eleição os índices de criminalidade dispararam. Fruto do completo abandono da segurança pública. Agora, de maneira desesperada eles tentam fazer “alguma coisa”. Quem lê meus textos sabe que vinha alertando para isso. Que a violência estava se espalhando por todo o Rio Grande em função da falta de investimento na área da segurança. Acho que não é mais preciso dizer nada. A realidade fala mais alto. Infelizmente!

 

            ENQUANTO ISSO... – Enquanto o povo gaúcho está à mercê da bandidagem, se virando como pode, o governador Sartori e seus comparsas estão obcecados por vender empresas do governo para empresários “amigos”. Nós nos ferrando e eles (sempre cercados por seguranças armados até os dentes) brigando com a Assembléia Legislativa para viabilizar negociatas futuras. Por isso, em outubro pense bem no partido do seu candidato. Para quem diz que partido não faz diferença o Sartorão está dando uma demonstração bem clara de quanto isso é mentira.  

0 comentários | Escrever comentário