Obscurantismo, fascismo, xenofobismo, machismo, reducionismo, voluntarismo e tantos ouros ismos da sociedade estamental neopentecostal, a nova moda.

 

Ferocidade e truculência varrendo o país de cabo a rabo, hordas de criaturas raivosas em marcha, desamor em progresso. (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Por Eleonora Santa Rosa*

Torrão de húmus de ódio, ira, rancor - nova velha terra brasilis.

Ferocidade e truculência varrendo o país de cabo a rabo, hordas de criaturas raivosas em marcha, desamor em progresso.

Grossura em estado bruto, em doses cavalares, desfile de cenas de horror e medo, agravos sem reparos.

Flagrantes de homens e mulheres em torpeza de expressão, de vitupérios vários, de histerias de toda ordem.

Bofes de academia em camisas verde-amarelas, debochando e destroçando placas em homenagem a heroínas da resistência, vaidosos com a força de seus muques malhados a ferro e seus torsos retorcidos em meio a gestos inomináveis e ideias curtas.

Obscurantismo, fascismo, xenofobismo, machismo, reducionismo, voluntarismo e tantos ouros ismos da sociedade estamental neopentecostal, a nova moda.

Danação diária da pátria que entrou pelo cano e imagina que desencanará pelo cano da arma do capitão.

Não transigir com a pregação de sermões baratos, lastreados na ignorância e na miséria moral.

Virada de jogo, mudança de timbre, é chegado o momento de ungir a língua comum, de religar os fios, de recosturar o tecido social, de escavar os despojos do que melhor nos foi legado, de ressignificar a política, o país.

Poesia, filha dileta da Cultura, soe seus versos e palavras em tom maior, cumpra seu desígnio de iluminar o caminho de retorno ao humano, ecoando a cantiga do mestre Affonso:

não se deixar ser o resto

brigar sempre manifesto

em ar em voz em luz presto

rosto erguido olhar honesto

de repulsa ao desonesto

cuspir sem medo o indigesto

desinfestar-se do infesto**

*Jornalista e produtora cultural.

**Cantiga de Nossa Senhora do Protesto (fragmento) – Affonso Ávila

dom total///

0 comentários | Escrever comentário