O senador Roberto Requião (PMDB-PR) reforçou a sua posição favorável ao afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG), flagrado em vídeo pedindo propina de R$ 2 milhões à JBS; "Na minha opinião o STF 'lenhou' prerrogativas constitucionais. Mas o senado para não se desmoralizar deve agora oferecer apoio ao afastamento", disse Requião em sua conta no Twitter

 

 

12 DE OUTUBRO DE 2017 ÀS 13:29 // 

Paraná 247 - O senador Roberto Requião (PMDB-PR) reforçou a sua posição favorável ao afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG), flagrado em vídeo pedindo propina de R$ 2 milhões à JBS.

"Na minha opinião o STF 'lenhou' prerrogativas constitucionais. Mas o senado para não se desmoralizar deve agora oferecer apoio ao afastamento", disse Requião em sua conta no Twitter.

De acordo com o parlamentar, "cabe ao Senado mostrar que não é complacente e auto complacente com a corrupção". "O fato de medidas restritivas precisarem ser analisadas pelo senado nao significa impunidade, pois podem ser confirmadas. Bem claro?", escreveu.

Em maio deste ano, Aécio refutou a acusação. "Foi proposta, em primeiro lugar, a venda ao executivo de um apartamento de propriedade da família. Registre-se ainda que a intenção do senador sempre foi, quando da venda do apartamento, ressarcir o empresário", disse ele, em nota.

0 comentários | Escrever comentário