Após a matéria da revista Veja sobre as condições de prisão do ex-presidente Lula, o líder do PT na Câmara dos Deputados, Paulo Pimenta (RS), afirmou, em vídeo, que, se for verdade que o veículo teve acesso exclusivo à cela, é "um fato de gravidade ímpar" e "significa a falência do Sistema Judiciário brasileiro", que a cada dia revela a sua "capacidade de ser pior"; segundo o parlamentar, uma possível veracidade da matéria revela o "conluio, a cumplicidade da mídia com a Lava Jato, para destruir reputações";

4 DE MAIO DE 2018 ÀS 10:14 //

Rio Grande do Sul 247 - Após a matéria da revista Veja sobre as condições de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o líder do PT na Câmara dos Deputados, Paulo Pimenta (RS), afirmou que, se for verdade que o veículo teve acesso exclusivo à cela, é "um fato de gravidade ímpar", pois, de acordo com o congressista, revela o "conluio, a cumplicidade da mídia com a Lava Jato, para destruir reputações".

"Se esta matéria for verdadeira, significa a falência do Sistema Judiciário brasileiro e que a cada dia revela a sua capacidade de ser pior. Estamos assistindo há dias um tratamento desumano jamais visto a um líder político que é um chefe de estado reconhecimento internacionalmente", disse o parlamentar.

Segundo Pimental, se a matéria for real é mais um sinal da instalação do estado policial no Brasil. "Eu custo a acreditar que esta matéria seja verdadeira. Quero crer que não seja verdadeira", acrescentou.

0 comentários | Escrever comentário