O Tribunal Superior Eleitoral reafirmou que este domingo 5 de agosto é o prazo final para a escolha dos candidatos por meio das convenções partidárias. Até o próximo dia 15, todos terão de apresentar ao tribunal os registros das candidaturas a presidente e vice definidos nas convenções – segundo a assessoria do TSE, a resolução sobre o calendário eleitoral não prevê que o vice seja escolhido depois do prazo estipulado para a realização das convenções. O PT, no entanto, adiar a escolha do vice até 15 de agosto

 

4 DE AGOSTO DE 2018 ÀS 06:12 //

247 – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) reafirmou nesta sexta, segundo reportagem do G1, que este domingo 5 de agosto é o prazo final para a escolha dos candidatos por meio das convenções partidárias. Até o próximo dia 15, todos terão de apresentar ao tribunal os registros das candidaturas a presidente e vice definidos nas convenções – segundo a assessoria do TSE, a resolução sobre o calendário eleitoral não prevê que o vice seja escolhido depois do prazo estipulado para a realização das convenções.

Segundo o texto, a "resolução da Justiça eleitoral que regulamenta as eleições deste ano estabelece que o período para as siglas realizarem convenções nas quais são discutidas as coligações e escolhidos cabeças de chapa, vices e suplentes é de 20 de julho a 5 de agosto e o prazo para registro no TSE dos candidatos definidos até domingo é o próximo dia 15". 

O PT, no entanto, tenta adiar a escolha do vice até 15 de agosto (saiba mais aqui).

0 comentários | Escrever comentário