Na manhã desta última terça-feira, dia 04 de setembro, uma comitiva formada por lideranças trespassenses esteve reunida com o governador do Estado, no Palácio Piratini, na Capital, para tratar da situação da Unidade JBS de Três Passos, interditada após vistoria do Ministério do Trabalho.

Na ocasião, a comitiva liderada pelo prefeito, José Carlos Amaral, entregou um ofício, solicitando a resolução do impasse originado da auditoria para que seja autorizado o funcionamento da unidade enquanto se realizam as adequações. Ainda, com garantias, de que a empresa fazendo as adequações solicitadas, obterá o certificado de funcionamento.

O governador, sensibilizado com a situação pela qual o Município, região e o próprio Estado está passando, em função da paralisação da planta da JBS, vai intervir diretamente com o Governo Federal para resolver o impasse. Além disso, nomeou osecretário da Agricultura, Pecuária e Irrigação do Estado, Odacir Klein, que se comprometeu a tratar do assunto diretamente em Brasília.

A comitiva saiu otimista da reunião, com perspectivas de que o Governo do Estado entendendo a importância da empresa JBS, não só para os municípios em que está instalada, como é o caso de Três Passos, mas para todo o Rio Grande do Sul, intervenha junto ao Governo Federal para que sejam atendidas as demandas apresentadas.

O prefeito José Carlos Amaral, ressaltou que a empresa é a maior empregadora do Município com 880 empregos diretos, e ainda, a maior empresa do município em termos de arrecadação. Ele pontuou o empenho das lideranças que formaram a comitiva para que o encontro acontecesse, por entender ser uma questão socioeconômica, envolvendo os mais diversos segmentos. “Acreditamos que o governo sensibilizado com a pauta, vai buscar reverter o empasse, para que a empresa fazendo as adequações, volte a funcionar”, salientou.

Além do prefeito José Carlos Amaral e do vice-prefeito, Jorge Leandro Dickel, a comitiva foi composta pelos representantes da Associação dos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais de Três Passos, Erhard Hepp; da  Câmara Municipal de Vereadores de Três Passos, vereadores Ido Vilibaldo Rhoden,  Edivan Nelsi Baron e Flávio Habitzreuter; da Associação dos Suinocultores de Três Passos (ASSUÍPASSOS), Márcio Kochemborger;  Sindicato dos Funcionários das Indústrias de Carnes (SINTRICAS), Edilson Luiz Vieira Sarmento e Ademir Schuh; Câmara de Indústria e Comércio de Três Passos (CACIS), Alisson Müller; do Sindicato do Comércio Varejista de Três Passos (Sindilojas Celeiro), Antonio Afonso Granich; representante dos Funcionários da JBS Unidade de Três Passos, Ivanir da Silva Weiss; e do presidente da Frente Parlamentar de Apoio à Suinocultura, que articulou a agenda.

A comitiva ainda conseguiu mobilizar e ter o apoio para o encontro do vice-presidente da Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar (FETAG), Nestor Bonfante; e do vice-presidente da Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do Rio Grande do Sul (FECOMÉRCIO), André Roncatto.

No documento entre ao governador, a comitiva também reivindicou a Revisão coerente dos impostos cobrados pelo Estado do Rio do Grande Sul, o que dificulta assim a gestão das empresas gaúchas e a instalação de novos investimentos. E ainda, a articulação para criar uma conexão transfronteiriça.

 

 

-- 

Elenara de Oliveira
Jornalista Reg. Nº 17796
Assessora de Comunicação da Prefeitura de Três Passos
0 comentários | Escrever comentário