Temporal atingiu cidade e parte do interior nesta madrugada

Foto: Darci Ari Lanz, especial(guia de Crissiumal)

 

A queda de granizo na madrugada desta quarta-feira (3) provocou danos em municípios do Noroeste do Estado. Os maiores estragos foram registrados em Crissiumal, cidade com pouco mais de 14 mil habitantes que teve o hospital, o asilo, escolas e residências destelhadas, segundo a prefeitura. As aulas foram suspensas. 

A prefeitura ainda não fez um levantamento dos estragos e já acionou a Defesa Civil do Estado. A Defesa Civil municipal, os Bombeiros e a Brigada Militar atendem os moradores nesta manhã. São dezenas de chamados e as primeiras informações são de que toda a cidade foi atingida. O quartel da Brigada Militar também teve danos. Os idosos do asilo foram transferidos para um prédio municipal desativado. Não há relatos de feridos graves.

 

O prefeito Roberto Bergmann afirma que as aulas foram suspensas por causa dos danos aos prédios das escolas e pela impossibilidade de realizar o transporte escolar. Segundo ele, falta água na cidade e ainda não se sabe a dimensão dos estragos na área rural. 

— Este temporal com granizo foi pior do que em 2005, quando tivemos vários estragos em Crissiumal. O granizo que caiu era do tamanho de um ovo de galinha — diz Bergmann. 

O prefeito montou um gabinete provisório desde a madrugada para atender a população que foi atingida pelo temporal. As pessoas estão se cadastrando no setor de Assistência Social para pedidos de materiais, principalmente lonas e telhas. 

 

texto - ZG///

0 comentários | Escrever comentário