"É com profunda tristeza e consternação que nós, da Rádio BandNews FM, comunicamos a morte do nosso amigo e âncora de todas as manhãs, Ricardo Boechat", postou o veículo em sua conta no Twitter

11 DE FEVEREIRO DE 2019 ÀS 14:11 //

 

247 - A rádio Band News FM lamentou a morte do jornalista Ricardo Boechat na tarde desta segunda-feira 11 em um acidente de helicóptero. "É com profunda tristeza e consternação que nós, da Rádio BandNews FM, comunicamos a morte do nosso amigo e âncora de todas as manhãs, Ricardo Boechat", postou o veículo em sua conta no Twitter.

O helicóptero no qual estava Boechat caiu na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, e bateu na parte dianteira de um caminhão que transitava pela via. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o piloto e outra pessoa que estava na aeronave morreram carbonizados. O governo estadual confirmou a informação.

 

É com profunda tristeza e consternação que nós, da Rádio BandNews FM, comunicamos a morte do nosso amigo e âncora de todas as manhãs, Ricardo Boechat.

 Âncora do Jornal da Band e da BandNews FM, Boechat teve passagens pelos principais jornais do país, como "O Globo", "O Dia", "O Estado de S. Paulo" e "Jornal do Brasil". O jornalista ganhou três prêmios Esso e foi o único a vencer em três categorias do Prêmio Comunique-se  (Âncora de Rádio, Colunista de Notícia e Âncora de TV). Também foi eleito o jornalista mais admirado na pesquisa do site Jornalistas&Cia em 2014, que elencou os 100 principais profissionais do mercado. Ele iniciou sua carreira na década de 1970 como repórter do extinto jornal "Diário de Notícias". Em 1983, foi para o jornal "O Globo" e quatro anos mais tarde chegou a ocupar a secretaria de Comunicação Social no no governo Moreira Franco, mas voltou para o jornal da família Marinho em 1989, como editor da coluna "Swann", que mais tarde, foi transformada em "Boechat". É autor do livro "Copacabana Palace - Um Hotel e sua História" (DBA, 1998), que resgatou a trajetória do hotel mais exclusivo e sofisticado do país, completando 75 anos de existência no ano da publicação.

0 comentários | Escrever comentário