Agressão aconteceu durante ato em defesa do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e contra o ex-presidente Lula; mulher participaria de outro ato, também na Avenida Paulista, em São Paulo, e foi jogada no chão, empurrada, ofendida e ainda recebeu um mata leão de um dos homens; Polícia Militar assistiu agressão sem intervir

7 DE ABRIL DE 2019 ÀS 20:38

 

247 - Uma mulher que participava dos atos que pedia a libertação do ex-presidente Lula, preso há exatamente um ano, foi agredida por vários homens na Avenida Paulista, em São Paulo, na tarde deste domingo (7). Os homens participavam de outro ato, contra Lula e em defesa do presidente Jair Bolsonaro (PSL), e a agrediram sob aplausos e gritos de incentivo do carro de som.

A agressão foi assistida de forma completamente passiva pela Polícia Militar, que só interveio quando a mulher, ainda não identificada, recebeu um mata-leão de um dos agressores.

Assista o vídeo dos Jornalistas Livres:

247///

0 comentários | Escrever comentário