Morreu na madrugada desta quarta-feira o jornalista Paulo Henrique Amorim, editor do blog Conversa Afiada. Ele foi vítima de um infarto no Rio de Janeiro

 

Ele estava na Record desde 2003, onde apresentava o programa Domingo Espetacular. Porém, após críticas a Bolsonaro, estava fora do ar desde o mês passado. (Nilton Fukuda/Estadão Conteúdo)

 

Morreu na madrugada desta quarta-feira (10), aos 77 anos, o jornalista Paulo Henrique Amorim. Na noite de terça-feira (9) ele saiu para jantar com alguns amigos no Rio de Janeiro e, quando voltou para casa sofreu um infarto fulminante. A morte foi confirmada pela mulher dele, a jornalista Geórgia Pinheiro.

Desde 2003, Paulo Henrique trabalhava na TV Record, onde apresentava o programa Domingo Espetacular. No entanto, após críticas ao governo Bolsonaro, estava fora do ar desde o mês passado.

O jornalista, que iniciou sua carreira em 1961, atuou em vários veículos de comunicação brasileiros, como Globo, a extinta TV Manchete, Bandeirantes e TV Cultura além das revistas Realidade e Veja. O jornalista deixa a esposa e uma filha.


Agência Estado/Dom Total///

 

 

0 comentários | Escrever comentário