O governo Bolsonaro está considerando a hipótese de não enviar uma proposta própria de reforma administrativa. Ao invés disso, aproveitaria matérias sobre o tema já em tramitação no Legislativo

 

 

12 de fevereiro de 2020, 06:40 h Jair Bolsonaro e plenário da Câmara dos Deputados (Foto: José Cruz/Agência Brasil | Luis Macedo/Câmara dos Deputados)

 

 

 

247 - O governo avalia desistir de enviar uma proposta de reforma administrativa, por considerar que o clima político está ruim no Congresso Nacional. Segundo o Estado de S.Paulo, a ideia é aproveitar matérias em tramitação sobre o tema e enviar apenas uma "sugestão" aos parlamentares após a criação da comissão especial.

0 comentários | Escrever comentário