Por Caio Junqueira, CNN 21 de Maio de 2020 às 05:00

 

O deputado federal Major Vitor Hugo (PSL-GO)

Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

 

 

O Centrão pediu ao presidente Jair Bolsonaro a substituição do líder do governo na Câmara, Vitor Hugo. Na avaliação do grupo, Vitor Hugo não tem o trânsito político que o cargo pede. Uma lista de nomes inclusive chegou a ser apresentada. São eles: João Roma, do Republicanos da Bahia; Ricardo Barros, do Progressistas do Paraná; e Hugo Mota, do Republicanos da Paraíba. Bolsonaro até agora resiste à pressão. O presidente tem apreço pessoal por Vitor Hugo. Mas a pressão existe e vem em um momento em que o Centrão avança sobre cargos no segundo e terceiro escalões do governo federal.

Desde que assumiu o posto, no início do governo Bolsonaro, Vitor Hugo sempre foi alvo de pressão para ser substituído. Bolsonaro, porém, nunca cedeu. Agora, porém, a situação é distinta. Bolsonaro enfrenta uma crise de saúde pública, uma crise econômica, e uma crise política. Tenta, portanto, pela primeira vez, montar uma base aliada para seu governo tendo como eixo o Centrão, que pede o cargo. Além disso, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que está se reaproximando do governo, também defende a troca.

 

 

CNN///

0 comentários | Escrever comentário