247 - A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) deve acelerar nas próximas semanas a elaboração do pedido de impeachment de Jair Bolsonaro, de acordo com informações da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

 

A prisão do ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, na casa do advogado da família Bolsonaro, Frederick Wassef, e as ligações do preso com milícias revelou o "fundo do poço" no qual se encontra o Brasil, segundo diretores da entidade. Um pedido de impeachment já vinha sendo discutido na OAB, mas com cautela. Com a prisão de Queiroz, o assunto se tornou mais urgente. A deliberação sobre o tema entre integrantes da ordem deve acontecer em agosto.

0 comentários | Escrever comentário