AO VIVO - Clique aqui para tocar a Rádio Tertúlia Web

Medida foi motivada pela falta de chuvas em 4 cidades e pela inundações que atingem outros 2 municípios.

 

 

As condições climáticas levaram o governo federal a reconhecer situação de emergência em seis municípios.

 

No Piauí e em Santa Catarina o motivo foi a falta de chuvas, que atinge as cidades de Guarujá do Sul, Presidente Nereu, e São Lourenço do Oeste, no estado catarinense; e, no nordeste, a cidade de Curral Novo do Piauí (PI). Já no Rio Grande do Sul o problema é o excesso de chuvas que causou inundações nos municípios de Encantado e Taquari. O estado tem sido atingido por temporais nas últimas duas semanas. Há 15 dias, o governo do Rio Grande do Sul decretou situação de emergência em outras sete cidades. De acordo com a defesa civil, no total, 29 cidades foram severamente afetadas pela passagem de um ciclone. Produtores agrícolas prejudicados pelo ciclone podem ter linhas de créditos emergenciais Com a situação de emergência, municípios têm maior flexibilidade nos gastos públicos. A situação anormal define, por exemplo, que não é preciso licitação para comprar insumos para atender a população ou para executar obras emergenciais.

 

 

Fonte: Brasil 61 - https://brasil61.com/noticias/excesso-e-falta-de-chuva-

0 comentários | Escrever comentário