AO VIVO - Clique aqui para tocar a Rádio Tertúlia Web

Blogueiro bolsonarista Allan dos Santos criticou o silêncio do clã Bolsonaro sobre a prisão do influenciador de extrema direita Oswaldo Eustáquio e chamou o vereador Carlos Bolsonaro, que deixou de segui-lo nas redes sociais, de “covarde”

 

23 de dezembro de 2020, 08:05 h

 

Allan dos Santos e família Bolsonaro (Foto: Agência Senado | Reprodução)

 

 

 

247- O blogueiro bolsonarista Allan dos Santos usou sua conta no Twitter para criticar o silêncio de Jair Bolsonaro sobre a prisão do influenciador digital de extrema direita Oswaldo Eustáquio. Em uma série de postagem sobre o assunto, o blogueiro chamou o vereador Carlos Bolsonaro, que deixou de segui-lo após a cobrança, de “covarde”. As postagens foram feitas após a imprensa divulgar que Oswaldo Eustáquio havia sofrido uma queda no banheiro das dependências do Centro de Detenção Provisória II (CDP II), no Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal. Na publicação em que marcou Bolsonaro e os filhos, Allan destaca que quando que "quando Adélio agiu, todos nós estávamos do lado de vocês". A postagem faz referência à facada desferida por Adélio Bispo de Oliveira contra o ex-capitão durante um ato de campanha em Minas Gerais. Pouco depois da postagem, o vereador Carlos Bolsonaro e , ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, deixaram de seguir o blogueiro nas redes sociais.

“A @DamaresAlves deixando de me seguir no Instagram e o @CarlosBolsonaro fazendo o mesmo aqui não é o tipo de resposta que eu esperava. Temos um jornalista preso sem cometer crime e estou cobrando em quem EU VOTEI. Se eu não cobrar em quem EU VOTEI, vou cobrar quem? Decepcionado”, escreveu Santos em reposta. “Deixar de me seguir não é uma resposta, Carlos Bolsonaro. Eu esperava mais de você. Quanta covardia”, pontuou em outra postagem. Allan do Santos é investigado em dois inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF) que apura um suposto esquema de divulgação de fake News, ataques a autoridades e instituições, além da organização de atos antidemocráticos. O blogueiro também foi alvo de operações da Polícia Federal no âmbito das investigações.

0 comentários | Escrever comentário