AO VIVO - Clique aqui para tocar a Rádio Tertúlia Web

Aeronave transportava 5 pessoas à caminho da cidade de Caratinga-MG.

 

Avião caiu em uma cachoeira em Piedade de Caratinga (Reprodução)

 

 

O avião que transportava a cantora Marília Mendonça e mais quatro pessoas caiu na tarde desta sexta-feira (5) na serra da cidade de Piedade de Caratinga, em Minas Gerais, próximo à uma cachoeira. O Corpo de Bombeiros confirmou a morte da cantora e de todos os que estavam na aeronave. A cantora se dirigia para a cidade Caratinga, no Vale do Rio Doce, onde se apresentaria nesta sexta-feira. A agenda em Minas Gerais incluía shows em Ouro Branco (6/11), Divinópolis (12/11) e Taiobeiras (20/11). Junto com ela estavam um produtor, um assessor, o piloto e o copiloto. Os bombeiros receberam a ocorrência da queda da aeronave por volta de 15h30, em Piedade de Caratinga, em curso d'água próximo ao acesso pela BR 474, e contam com o apoio do Samu para o resgate. Segundo a corporação, havia "um forte odor de combustível no local", mas sem chamas, nem havia risco de submersão da aeronave. Antes do embarque, a cantora fez uma última postagem no Instagram, em que ela mostra elementos da culinária mineira e seu empenho nos exercícios físicos e comendo alimentos menos calóricos, com seu humor característico.

Marília Mendonça

Marília Mendonça morre aos 26 anos de idade e deixa um filho de um ano de idade. Conhecida como a "rainha da sofrência", a cantora é um dos maiores nomes da nova geração da música sertaneja. Tornou-se compositora aos 12 anos de idade, mas seu primeiro EP foi lançado em 2015, alcançando o reconhecimento nacional em 2016, com a venda de 240 mil cópias. Foi a canção Infiel que a tornou conhecida nacionalmente. A indicação ao Grammy latino, na categoria "Melhor Álbum de Música Sertaneja", em 2019, e o projeto Todos os cantos, com shows gravados em todas as capitais do país foram marcas da carreira.

 

 

Dom Total com informações do G1, Globo News e Estadão///

0 comentários | Escrever comentário