Cotação do dia

USD/BRL
EUR/USD
USD/JPY
GBP/USD
GBP/BRL
Trigo
R$ 115,00
Soja
R$ 180,00
Milho
R$ 82,00

Tempo

Vox Populi aponta: Dilma tem 51%, contra 39% de Serra

Em levantamente realizado entre os dias 15 e 17 de outubro pelo instituto Vox Populi, a candidata à Presidência da República pelo PT, Dilma Rousseff, aparece na liderança da corrida presidencial com 12 pontos percentuais de diferença à frente de seu adversário, José Serra (PSDB). A petista tem 51% das intenções de voto contra 39% do tucano. Os votos brancos e nulos somam 6%, enquanto 4% não souberam ou não opinaram. A margem de erro da pesquisa é de 1,8 ponto percentual.

A pesquisa Vox Populi foi divulgada nesta terça-feira (19). Na última pesquisa do mesmo instituto, realizada nos dias 10 e 11, a petista aparecia com 48% das intenções de voto contra 40% de Serra.

Considerando apenas os votos válidos — excluindo os votos brancos, nulos e indecisos — , Dilma soma 57% das intenções e Serra, 43%.

A petista ganha em todas faixas etárias. Já nos subconjuntos que levam em conta a escolaridade dos pesquisados, Serra vence entre os que tem nível superior por 47% a 40%. No eleitorado até a 4ª série do ensino fundamental Dilma tem 55% contra 38% do tucano.

Serra também vai melhor entre o eleitorado de maior renda. Entre os que declararam ganhar mais de cinco salários mínimos, ele tem 44% contra 42% de Dilma. Ela tem seu melhor desempenho entre os mais pobres, que ganham até um salário mínimo: 61% a 31%.

Dilma tem melhores índices melhores entre os homens. Conforme a pesquisa, ela tem 54% contra 38% de Serra no eleitorado masculino e 48% contra 40% do tucano no feminino.

Segundo o Vox Populi, 89% dos entrevistados disseram estar decididos enquanto 9% admitiram que ainda podem mudar de ideia. Entre os eleitores de Dilma a consolidação do voto é maior, 93%. No eleitorado de Serra, 89% disseram que estão decididos.

A pesquisa, encomendada pelo Internet Group do Brasil S.A., entrevistou 3000 pessoas em todo o país e foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 14 de outubro de 2010, sob o número 36193/2010.

Com informações do Vox Populi e portal iG.

Agenda