Cotação do dia

USD/BRL
EUR/USD
USD/JPY
GBP/USD
GBP/BRL
Trigo
R$ 115,00
Soja
R$ 180,00
Milho
R$ 82,00

Tempo

Aprovado o Planejamento que visa o desenvolvimento da região

Aprovado o Planejamento que visa o desenvolvimento da região
Aconteceu ASSEMBLÉIA GERAL DO COREDE CELEIRO, na tarde do dia 21 de outubro, quinta feira, junto UNIJUÍ Campus de Três Passos, com a finalidade de analisar e aprovar o Planejamento Estratégico Regional do Corede Celeiro, elaborado pelo IPD (Instituto de Política e Desenvolvimento) e municípios da Amuceleiro.
Para compor a pesquisa foram realizados 17 encontros com representantes de cada setor público e 03 seminários micro regionais com a finalidade de discutir as peculiaridades dos diversos segmentos que compõe a sociedade. Nos encontros foram discutidas e organizadas ações que alavancam o desenvolvimento da região. O formato do planejamento é através de uma revista, simples e fácil de entender.
Na ocasião o Prefeito de Humaitá, Cesar Schwade, Presidente da Amuceleiro, enfatizou a importância desta pesquisa para melhor desenvolver a região. Para a Deputada Zilá Breitenbach “é muito importante, avaliar melhor cada necessidades da região, cada deputado representa os interesses da sua região, com este estudo, poderei defender no plenário o que é prioridade, através do planejamento”.
O presidente do Corede Celeiro José Calos Bourscheid, explicou que apesar do curto espaço de tempo em que a pesquisa foi composta, foi possível reunir mais de 260 pessoas que tiveram a oportunidade de apontar as primazias que consideram necessárias para a região crescer.
Durante a apresentação da Pesquisa, Fabrício Barbosa, representante do IPD (Unijuí), apontou os resultados e o que foi considerado Identidade regional.
Recebeu destaque a produção de alimentos e o desejo de torna-se uma região industrialmente desenvolvida a partir da produção, transformação e processamento de alimentos, a existência de território de fronteira, a localização do Salto do Yucumã e a existência de duas tribos indígenas, com isso a aspiração de consolidar o turismo regional a partir das paisagens naturais existentes.
Os três principais itens apontados, portanto, são o turismo, o agronegócio e a capacitação, através do empreendedorismo.
Os objetivos gerais são de gerar possibilidades de motivar o enriquecimento populacional, aumentar a formação de lideranças, melhorar a infraestrutura, além de facilitar a comunicação entre programas sociais.
Foram apontados 48 projetos de investimento, as autoridades presentes na reunião assinalaram em um formulário, os 10 que consideravam mais importantes, o Planejamento foi aprovado por unanimidade.

Agenda