Cotação do dia

USD/BRL
EUR/USD
USD/JPY
GBP/USD
GBP/BRL
Trigo
R$ 115,00
Soja
R$ 180,00
Milho
R$ 82,00

Tempo

Conheça o primeiro samba gravado no Brasil

Ernesto Joaquim Maria dos Santos, o Donga

Além da autoria de "Pelo Telefone", existem várias polêmicas sobre o primeiro samba do Brasil. Toda essa discussão trouxe ainda mais magia e charme para a música.

Segundo registros da Biblioteca Nacional, “Pelo telefone” é o nome do primeiro samba gravado no Brasil. A música, composta por Ernesto Joaquim Maria dos Santos, o Donga, e Mauro de Almeida, foi elaborada na casa de Hilária Batista de Almeida, a Tia Ciata, grande fomentadora da cultura negra no Brasil. Por ter sido concebida em uma roda de samba, onde acontecem improvisações e criações colaborativas, a autoria da canção foi reinvidicada por vários músicos que participavam do encontro. A composição marcou também a transição do maxixe para o samba e o reconhecimento do segundo como novo gênero musical.

Além da autoria, existem várias polêmicas sobre o primeiro samba do Brasil: a origem da letra, se realmente é o primeiro samba e até mesmo se pode ser chamado de samba. Toda essa discussão trouxe ainda mais magia e charme para a música. “Pelo Telefone” tem uma estrutura ingênua e fora de ordem, melodias e refrões diferentes, o que reforça a teoria de que realmente foi composta aos pedaços.

Veja um vídeo com a música e note que ali estão, além de Donga, Chico Buarque e Pixinguinha:

Certas versões da música mostram a expressão “o chefe da polícia”, já em outras “o chefe da folia”, essa alteração na letra servia para evitar problemas com as autoridades e estão relacionadas a uma versão popular que, de acordo com Donga, foi inspirada numa situação que envolveu Irineu Marinho, na época proprietário do jornal “A noite”. A armação tinha objetivo de destituir seu desafeto, o chefe de polícia do Rio de Janeiro Aureliano Leal. Seria montada uma roleta no Largo da Carioca que serviria apenas para desmoralizar Aureliano, já que ele havia determinado que seus subordinados informassem “antes pelo telefone” aos infratores, a apreensão do material usado no jogo de azar. Seguem as duas versões da música, a oficial e a do povo:

Confira a letra oficial de “Pelo telefone”, primeiro samba gravado no Brasil:

“O chefe da folia / Pelo telefone / Manda avisar / Que com alegria / Não se questione / Para se brincar. Ai, ai, ai, / Deixa as mágoas para trás / Ó rapaz! /Ai, ai, ai, / Fica triste se és capaz / E verás Tomara que tu apanhes / Pra nunca mais fazer isso / Tirar amores dos outros /E depois fazer feitiço…Ai, a rolinha / Sinhô, Sinhô / Se embaraçou / Sinhô, Sinhô/ É que a avezinha / Sinhô, Sinhô / Nunca sambou / Sinhô, Sinhô,/ Porque esse samba, /Sinhô, Sinhô, / É de arrepiar, /Sinhô, Sinhô,/ Põe a perna bamba / Sinhô, Sinhô, / Me faz gozar, / Sinhô, Sinhô.O “Peru” me disse/ Se o “Morcego” visse / Eu fazer tolice,/ Que eu então saísse / Dessa esquisitice / De disse que não disse. Ai, ai, ai, / Aí está o canto ideal / Triunfal / Viva o nosso carnaval. / Sem rival. Se quem tira o amor dos outros / Por Deus fosse castigado / O mundo estava vazio / E o inferno só habitado.Oueres ou não / Sinhô, Sinhô, / Vir pro cordão / Sinhô, Sinhô / Do coração, / Sinhô, Sinhô. / Por este samba”

A esta é a versão popular, não oficial:

“O chefe da polícia / Pelo telefone / Mandou avisar / Que na Carioca / Tem uma roleta /Para se jogar /Ai, ai, ai /O chefe gosta da roleta,/ Ô maninha / Ai, ai, ai / Ninguém mais fica forreta / É maninha. / Chefe Aureliano, / Sinhô, Sinhô, / É bom menino, / Sinhô, Sinhô, / Prá se jogar,/ Sinhô, Sinhô, / De todo o jeito, /Sinhô, Sinhô, / O bacará / Sinhô, Sinhô, / O pinguelim, / Sinhô, Sinhô, / Tudo é assim”

Agenda