Cotação do dia

USD/BRL
EUR/USD
USD/JPY
GBP/USD
GBP/BRL
Trigo
R$ 115,00
Soja
R$ 180,00
Milho
R$ 82,00

Tempo

Camilo Capiberibe (PSB) é eleito governador do Amapá

Camilo Capiberibe, candidato do PSB, venceu a disputa pelo governo do Amapá. Com 96,28% das urnas apuradas, ele obteve, até o momento, 53,67%, contra 46,33% de Lucas Barreto, candidato do PTB. Filho de João Capiberibe (PSB), ex-senador e ex- governador do Estado entre os anos de 1995 e 2002, e da deputada Janete Capiberibe (PSB), é bacharel em direito, mestrando em Ciências Políticas e foi presidente do centro acadêmico da PUC-Campinas. Capiberibe se filiou ao PSB há dez anos, onde foi secretário de Organização da Executiva Estadual do partido. Atualmente, o deputado é presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado. O novo governador tentou a prefeitura de Macapá em 2008, e chegou a ir ao segundo turno, onde obteve 33,07% dos votos válidos, e perdeu a disputa.

A campanha pelo governo do Amapá foi conturbada. O governador Pedro Paulo Dias (PP), que tentava a reeleição, foi preso por nove dias em setembro, acusado de envolvimento em esquema de desvio de recursos públicos e fraudes em licitações. Quando reassumiu o cargo, Dias chegou a declarar que voltaria a disputar a reeleição, mas não conseguiu passar para o segundo turno.

No primeiro turno, Lucas Barreto obteve 28,93% dos votos, enquanto Capiberibe ficou com 28,68%.

Durante toda a campanha eleitoral, Barreto contou com o apoio do presidente do Senado, José Sarney e teve seu nome vinculado ao escândalo dos atos secretos do Senado. Já Capiberibe, apesar de enfrentar acusações contra seu pai que foi considerado inelegível com base na Lei da Ficha Limpa, teve um discurso ético durante sua campanha.

Agenda