Cotação do dia

USD/BRL
EUR/USD
USD/JPY
GBP/USD
GBP/BRL
Trigo
R$ 115,00
Soja
R$ 180,00
Milho
R$ 82,00

Tempo

Tarso Genro retoma atividades de transição nesta segunda

Rachel Duarte 

Depois de oito dias na Europa, dos dez que programou para ficar na Espanha e em Portugal, o futuro governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), retornou a Porto Alegre no início da madrugada deste domingo (21). Tarso desembarcou por volta da 01h no Aeroporto Internacional Salgado Filho e optou por descansar no primeiro dia do retorno ao estado. A retomada das atividades do processo de transição ficou para esta segunda-feira (22). 

Algumas articulações políticas tiveram início, por telefone, ainda neste domingo, conforme o previsto, em Lisboa, pelo futuro chefe da Casa Civil, Carlos Pestana. Tarso e Pestana deixaram na capital portuguesa a comitiva que viajou com eles no último dia 12. Voltaram antes para agilizar o processo de transição e a composição do futuro secretariado. 

O principal motivo para acelerar o anúncio dos demais secretários, deve-se à atitude do PDT, que deseja mais secretarias do que as lhe foram oferecidas e se movimenta para ter o prefeito José Fortunati como cabeça de chapa nas eleições municipais de 2012. 

Com a decisão, anunciada pelo PP, na última quarta-feira (17), de não entrar no governo, o presidente do PDT gaúcho, Romildo Bolzan, admitiu que a posição do PDT, em querer três pastas ou pelo menos as áreas da Saúde e Agricultura, ganha importância. “Mas não queremos fazer barganha. Nossa determinação é de entrar bem no governo, de forma que possamos participar de forma positiva, sem comprometer nossas posições”, disse ao Sul21.   

Antes de deixar Portugal, Tarso anunciou que até a próxima quinta-feira (25) terá a formatação do secretariado completa. Mas, para negociar com o PDT, o futuro governador terá que levar em conta os interesses dos partidos Unidade Popular pelo Rio Grande, a coligação que o elegeu. No final da última semana circulou rumores de que os partidos estariam descontentes com o número de cargos destinados aos partidos que se aliaram depois da eleição. 

Viagem produtiva 

Na Espanha, o governador eleito e sua comitiva visitaram Madri, e em Portugal, Lisboa. Tarso foi buscar investimentos para o estado e também estabelecer relações com a academia, movimentos sociais e sindicais, conselhos de desenvolvimento e grupos empresariais. 

Tarso buscou a experiência europeia em conselhos de desenvolvimento economico e social, e retornou com uma agenda para 2011, envolvendo gestores de Espanha, de Portugal e de países da América Latina. O Rio Grande do Sul sediará o 1° Encontro Iberoamerciano de Conselhos de Desenvolvimento Econômico e Social. 

A agenda na Europa possibilitou ainda encontros com intelectuais e diplomatas dos dois países. Entre eles, o professor espanhol e colunista do Sul21 Antonio Baylos e o embaixador do Brasil em Lisboa, Mário Vilalva. 

Indicado futuro chefe de gabinete  

futuro chefe de gabinete de Tarso Gerno,Vinicius Wu

Na última reunião com empresários portugueses, na sexta-feira (19), Tarso ao apresentar a equipe que o acompanhou na primeira viagem à Europa depois de eleito, apresentou o futuro chefe de gabinete. O indicado foi seu assessor especial no Ministério da Justiça, Vinícius Wu. “Ainda estávamos pensando como seria a minha contribuição no governo, mas, Tarso decidiu naquele momento”, comentou. Wu disse que ficou satisfeito e espera corresponder às expectativas. 

Vinicius Wu e os demais integrantes da comitiva que acompanhou Tarso permaneceram em Portugal. Entre eles, os futuros secretários Estilac Xavier (Secretaria Geral), Marcelo Danéris (Conselho de Desenvolvimento Economico e Social), Luis Augusto Lara (Trabalho), além de Caleb de Oliveira (presidente do PSB), Adalberto Frasson (presidente do PC do B) e Luiz Fernando Mainardi (deputado estadual). O grupo desembarca nesta segunda-feira (22) em Porto Alegre.(sul-21)

Agenda