Cotação do dia

USD/BRL
EUR/USD
USD/JPY
GBP/USD
GBP/BRL
Trigo
R$ 115,00
Soja
R$ 180,00
Milho
R$ 82,00

Tempo

Tarso discute investimentos com futuros ministros de Dilma

O governador eleito do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), esteve ontem em Brasília. Na capital federal, além de assinar o termo de cooperação do RS no PAC 2, o petista esteve reunido  com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e com alguns ministros do futuro governo da também petista Dilma Rousseff.  Durante a reunião com a próxima ministra do Planejamento, Miriam Belchior, Tarso tratou de recursos da segunda edição do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). “Temos uma abertura em relação a investimentos ao PAC 2, mas me reuni com Miriam para acertarmos detalhes e entregar um requerimento com a assinatura de prefeitos”, relatou o petista.
Com Lula, Tarso discutiu os próximos passos políticos depois da posse em 1º de janeiro e buscou garantir recursos ainda na gestão de Lula, durante almoço com o presidente no Palácio Alvorada.  "Existem verbas do Pronasci, por exemplo, que estão previstas no orçamento e que podem ser destinadas ao Rio Grande do Sul num curto prazo", informou Tarso. Nos próximos dias a equipe de Tarso irá enviar relatórios informando as áreas que podem receber estes recursos. Ele pretende colaborar com Lula a partir de janeiro. "Quero estar vinculado ao presidente na atuação que ele terá dentro do partido e nas atividades como um todo", disse.
Ainda pela manhã, o ex-ministro da Justiça esteve reunido com o atual titular da pasta, Luiz Paulo Barreto. O ministro garantiu ao futuro governador que os projetos estão em andamento, reforçando a possibilidade de liberação dos recursos. Antes de deixar Brasília, Tarso ainda visitou o Centro Cultural Banco do Brasil e o Ministério da Justiça e o Ministério da Educação.
Ontem, Tarso também confirmou o nome de Odir Tonollier como secretário da Fazenda. Tonollier é economista e auditor externo do Tribunal de Contas do Estado e tem 53 anos.

Agenda