Cotação do dia

USD/BRL
EUR/USD
USD/JPY
GBP/USD
GBP/BRL
Trigo
R$ 115,00
Soja
R$ 180,00
Milho
R$ 82,00

Tempo

Eleitos gaúchos recebem diploma em cerimônia do TRE

Igor Natusch

O Salão de Atos da UFRGS, acostumado a receber a presença de bacharéis dos diferentes cursos ministrados na universidade, recebeu um outro tipo de diplomação na noite desta sexta-feira (17). O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) entregou os diplomas dos políticos gaúchos eleitos para o mandato que se inicia em 2011. Foram diplomados o futuro governador gaúcho, Tarso Genro (PT), e seu vice, Beto Grill (PSB). Além disso, receberam certificados os senadores Ana Amélia Lemos (PP) e Paulo Paim (PT) e seus suplentes, além dos deputados estaduais e federais eleitos ou reeleitos para a próxima legislatura.

O evento não teve discursos de nenhum dos políticos diplomados. O único a se pronunciar oficialmente foi o presidente do TRE, Luiz Felipe Silveira Difini. A cerimônia contou também com participações do coral da Ajuris, cantando os hinos rio-grandense e nacional, e a exibição de dois vídeos, totalizando cerca de 10 minutos, nos quais se fez uma comparação entre os antigos meios de votação e as eleições atuais, que estão gradativamente migrando para o modelo biométrico de identificação do eleitor.

Em sua fala, Luiz Felipe Silveira Difini comemorou a sensação de “dever cumprido” e o cumprimento de todos os prazos previstos no processo eleitoral. “Em tempos idos, a apuração dos votos chegava a durar 15 dias ou ainda mais. Em 2010, terminamos a votação às 17h e às 22h30 já tínhamos resultado oficial”, exemplificou. Difini também comemorou o “processo democrático e pacífico” verificado este ano, sem a existência de inconformidades entre os candidatos que participaram do pleito. Encerrou desejando sorte aos futuros representantes do povo gaúcho: “o sucesso deles será o sucesso do Rio Grande do Sul”.

Bruno Alencastro/Sul21

Paulo Paim | Foto: Bruno Alencastro/Sul21

O governador eleito chegou cedo ao local, foi o primeiro a receber o diploma e foi aplaudido de pé ao dirigir-se até o palco do Salão de Atos. A plateia, em sua maioria, era simpática ao PT gaúcho, e outros petistas, como o senador Paulo Paim e os deputados Raul Pont e Maria do Rosário, também foram muito aplaudidos. Destoando do coro de simpatizantes petistas, o atual presidente da Assembleia Legislativa, Giovani Cherini (PDT), que ocupará cadeira na Câmara Federal a partir de 2011, também contou com intensa manifestação positiva por parte dos presentes.

Ao final do evento, com a diplomação da maioria dos eleitos, o salão foi esvaziando-se visivelmente. Com a diplomação da deputada estadual Stela Farias, última eleita pelo PT a receber o certificado, o movimento até as saídas intensificou-se. Mais do que uma perda de interesse, a pressa em retirar-se tinha a ver com o lado de fora, onde todos queriam estar posicionados para os cumprimentos e fotos ao lado dos políticos eleitos. Mais ou menos como acontece várias vezes a cada semestre, quando os bacharéis saem do Salão de Atos após a formatura.

Bruno Alencastro/Sul21

Foto: Bruno Alencastro/Sul21

Após a cerimônia, Tarso Genro saiu pelo acesso principal do Salão de Atos da UFRGS, cumprimentando alguns dos que esperavam para parabenizá-lo pelo diploma. Depois de alguma indefinição, causada pela dificuldade em localizar o veículo que o transportaria, Tarso saiu do campus central da UFRGS em direção à quadra da escola de samba Império da Zona Norte. Lá, o governador eleito, e agora diplomado, participaria do FesTarso, evento preparado para comemorar a vitória da Unidade Popular no pleito de outubro. No local, estava previsto um discurso do futuro governador, agendado para o começo da madrugada de sábado (18).

Agenda