Cotação do dia

USD/BRL
EUR/USD
USD/JPY
GBP/USD
GBP/BRL
Trigo
R$ 115,00
Soja
R$ 180,00
Milho
R$ 82,00

Tempo

Estado terá temporais com risco de granizo até domingo

Precipitações rápidas e isoladas, porém, não aliviam o problema da estiagem

Desde a virada do ano, chove todos os dias no Rio Grande do Sul. Para esta sexta-feira, sábado e domingo, estão previstos novos temporais com risco de granizo e vento, acompanhando a chuva que deve ser forte.

Com parte do Estado sob estiagem, chuva é algo a se celebrar, mas o problema é que, novamente, serão pancadas em pontos isolados. Pode chover muito em parte de uma cidade e não cair uma gota na outra.

Pelos dados do Sistema Metroclima da Prefeitura, que tem 15 pontos de medição em Porto Alegre, nos primeiros cinco dias do mês choveu 31,7 milímetros no bairro Glória, mas só 0,2 milímetro no Sarandi.

Nesta sexta, 12 cidades afetadas pela seca se reúnem com representantes do governo do Estado, Emater e Defesa Civil no Palácio Piratini.

A massa de ar quente e úmido que cobre o Estado e o cavado, área de menor pressão atmosférica sobre o Sul do Brasil, mantêm a atmosfera instável em parte do território gaúcho. O sol, novamente, aparece em todas as regiões, mas da tarde para a noite se formam nuvens carregadas que devem trazer pancadas de chuva e temporais para pontos isolados.

Espera-se para esta sexta que a instabilidade na segunda metade do dia se concentre mais no Norte do Estado e entre a Serra, o Litoral Norte e a Grande Porto Alegre.

As pancadas continuam pontuais e podem causar transtornos. Onde há maior escassez de água, o cenário apenas piora. Nas regiões menos afetadas, sobretudo na Metade Norte, as precipitações mantêm a tendência, mas alguns pontos isolados logo podem enfrentar estiagem localizada.
correio do povo///

Agenda