Cotação

USD/BRL
EUR/USD
USD/JPY
GBP/USD
GBP/BRL

Tempo

Cpers pede que pais não levem os filhos às escolas estaduais nesta terça-feira

 

O sindicato dos professores do Rio Grande do Sul, Cpers, orientou os pais a não levarem os filhos à rede estadual de ensino nesta terça-feira. Segundo a presidente da entidade, Rejane de Oliveira, a paralisação, para exigir a retirada do pacote de sustentabilidade financeira do Parlamento gaúcho, vai atingir quase toda a categoria. A sindicalista afirmou que o alerta é uma medida de segurança, para evitar que os alunos sejam dispensados em função da falta de professor.

A Secretaria Estadual da Educação descartou corte do ponto, desde que haja reposição das aulas perdidas. O Cpers garante que a categoria vai recuperar o período da paralisação. Mais de 1,15 milhão de alunos estão matriculados na rede estadual do RS.

O magistério deve abrir um ato publico em frente ao Palácio Piratini, ainda pela manhã de terça. No mesmo local, um outro protesto, reunindo mais de 20 entidades sindicais, foi marcado para o próximo dia 22, data em que uma assembleia geral do Cpers debate a possibilidade de uma nova paralisação nos dias em que o Legislativo puser em pauta, na Assembleia Legislativa, o chamado "PacoTarso". Ele prevê reajuste na alíquota previdenciária para os servidores públicos de maior salário e uma taxa de inspeção veicular, entre outros itens.

No dia 28, o Cpers elege a nova direção da entidade, no mesmo dia em que o programa de sustentabilidade financeira passa a trancar- a pauta no plenário, se até lá não for votado.