Cotação

USD/BRL
EUR/USD
USD/JPY
GBP/USD
GBP/BRL

Tempo

Inter perde Damião, mas arranca empate contra o Figueirense

Não foi uma noite muito favorável para o Internacional. Depois de assistir o Fluminense vencer seu compromisso e fechas as portas do G-5, o time colorado ficou no empate em 1 a 1 com o Figueirense, na noite desta quarta-feira, em Florianópolis (SC). Para piorar a situação, o torcedor vermelho ainda perdeu Leandro Damião e Elton, ainda no primeiro tempo, por conta de lesões. Ygor abriu o placar para os mandantes aos 39 minutos do primeiro tempo e aos 5 do segundo Jô decretou a igualdade.

Na tabela, o Colorado permanece na 7ª posição, agora a três pontos da zona da Libertadores. Na próxima rodada, a equipe recebe o Atlético-MG, no Estádio Beira-Rio, às 16h de domingo. Neste duelo, o técnico Dorival Júnior não terá Juan, que recebeu o terceiro cartão amarelo. Damião e Elton ainda serão reavaliados.

– O jogo
Empurrado pelo torcedor gaúcho, que compareceu em peso ao Estádio Orlando Scarpelli, o Inter teve a primeira chance de gol logo no primeiro minuto. E, pasme, em um chute de fora da área com Guiñazu, que se perdeu à direita da meta adversária. No minuto seguinte, foi a vez do Figueirense responder na mesma moeda, com Héber. O Colorado voltaria a assustar aos 10, quando Moledo apareceu na segunda trave para concluir cobrança de falta de D’Alessandro. Porém, a cabeçada saiu por cima da goleira.

Aos 15, um lance polêmico. D’Alessandro foi lançado na frente e quando dominava a bola, viu a bola tocar no braço do zagueiro rival. O argentino foi à loucura com o árbitro, que nada assinalou. Com a bola rolando, seguiu a trocação. Aos 21, a maior chance de gol até então. Em cruzamento da direita, Héber subiu mais alto que a defesa colorada e cabeceou no canto de Muriel, que se esticou para promover a defesa. Entretanto, o Inter não deixou por menos. No próximo lance, Guiñazu apareceu como elemento surpresa mais uma vez e fuzilou Wilson, que espalmou para a linha de fundo.

Eis que veio a notícia mais preocupante para o torcedor colorado. Em um lance isolado, Damião correu e sentiu a coxa direita, caindo ao gramado. Jô imediatamente foi chamado, enquanto o artilheiro abandonou o campo chorando. Mas não pararia por aí. Depois de cair de mau jeito, o volante sentiu dores no ombro e acabou sendo substituído por Bolatti.

O Inter ficou visivelmente abalado. Aos 31, Heber apareceu livre em meio à zaga vermelha e cabeceou rente à trave de Muriel. Mas se havia escapado neste lance, o mesmo não aconteceria oito minutos depois. Ygor, de fora da área, acertou o canto esquerdo do goleiro colorado, abrindo o placar em Florianópolis. O Inter tentou reagir nos minutos finais, mas acabou descendo para o vestiário com derrota parcial de 1 a 0.

Na volta para o segundo tempo, o Colorado buscou o empate desde os primeiros minutos. Aos 2, Andrezinho cobrou falta para a área e Jô apareceu na primeira trave e por pouco não acertou a meta catarinense. Três minutos depois viria a recompensa. Os zagueiros do Figueira afastaram mal e Jô apareceu na entrada da área. O substituto de Damião dominou de testa e estufou a rede, igualando o marcador.

 

A partir de então, o jogo ganhou em emoção, com as duas equipes buscando o gol adversário. Aos 24, em cruzamento da esquerda, Oscar recebeu livre dentro da pequena área, cara a cara com Wilson, mas acabou parando no goleiro. Sentindo o bom momento na partida, Dorival chamou do banco Dellatorre, sacando Andrezinho.

Imediatamente, o Inter teve a chance de mexer no placar de novo. Aos 32, D’Alessandro cobrou falta da direita, mas Wilson espalmou. No lance posterior, foi a vez do Figueira engasgar no grito de gol. Em cruzamento rasteiro da esquerda, Muriel se antecipou e atirou para o meia da área. Julio Cesar se aproximava para pegar o rebote, quando a zaga colorada conseguiu afastar o perigo.

 

Aos 43, Julio Cesar arriscou de fora da área e obrigou o camisa 1 do Colorado a fazer uma bela defesa. Na resposta, Dellatorre fez o mesmo com Wilson. Já nos acréscimos, D’Alessandro cruzou da direita buscando Jô. Porém a bola quase enganou todos e entrou direto. Mas assim terminaria, com placar igual e ruim para ambos.

 

> Campeonato Brasileiro25ª rodada
Figueirense 1 x 1 Inter
FIGUEIRENSEWilson; Bruno, Edson Silva, Roger Carvalho e Juninho; Ygor, Maicon (Hélder), Coutinho e Fernandes (Pittoni); Júlio César e Héber (Somália).
Técnico: Jorginho


INTER

Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Juan e Kleber; Elton (Bolatti), Guiñazu, Andrezinho (Dellatorre), Oscar e D’Alessandro; Leandro Damião (Jô).
Técnico: Dorival Júnior

Árbitro: Felipe Gomes da Silva (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Gilson Bento Coutinho (PR)

Gols

Figueirense: Ygor (39min/1ºT)
Inter: Jô (5min/2ºT)

Cartões amarelosFigueirense: Edson Silva, Ygor, Juninho, Maicon
Inter:Juan, Bolatti, Kleber

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Data: Quarta-feira, 21 de setembro de 2011