Cotação

USD/BRL
EUR/USD
USD/JPY
GBP/USD
GBP/BRL

Tempo

Ex-assessor de Geddel foi recebido por Cármen Lúcia para pedir prisão de Lula

Ministra abriu as portas de seu gabinete para grupos que pediam a prisão de Lula; entre os quatro visitantes recebidos por Cármen, estava Jaílton Almeida, dublê de ativista e assessor da Presidência da República. Ele deve o cargo ao ex-ministro Geddel Vieira Lima, o homem de R$ 51 milhões, hoje preso na Papuda; na saída, o funcionário do Planalto foi só elogios à “resistência” da ministra

 

22 DE MARÇO DE 2018 ÀS 07:36 //

 

247 – A presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia, voltou a colher aplausos antes da sessão de ontem, quando abriu o gabinete para ativistas que apoiaram a derrubada do governo Dilma e agora defendem a prisão de Lula. O encontro foi marcado pelo movimento Vem Pra Rua, que ajudou a organizar as manifestações a favor do impeachment.

Entre os quatro visitantes recebidos por Cármen, estava Jaílton Almeida, dublê de ativista e assessor da Presidência da República. Ele deve o cargo ao ex-ministro Geddel Vieira Lima, o homem de R$ 51 milhões, hoje preso na Papuda. Na saída, o funcionário do Planalto foi só elogios à “resistência” da ministra.

As informações são da coluna de Bernardo Mello Franco em O Globo.