Cotação

USD/BRL
EUR/USD
USD/JPY
GBP/USD
GBP/BRL

Tempo

Rafael garante primeiro ponto do Cruzeiro no Brasileirão

O primeiro ponto do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro pode ser creditado ao goleiro Rafael.  Ele foi o melhor em campo diante do Internacional, na noite deste domingo, e garantiu o empate sem gols com o colorado, em jogo válido pela terceira rodada da competição. O goleiro fez defesas milagrosas e evitou a derrota em Porto Alegre. De olho na Libertadores, o Cruzeiro entrou em campo com um time reserva. 

No final das contas, o resultado ficou de ótimo tamanho para o Cruzeiro, mesmo com a equipe na zona de rebaixamento, em 18º, com um ponto ganho. O Inter é o nono, com quatro pontos conquistados.

CONFIRA AQUI A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA!

Na próxima rodada, o Internacional terá um compromisso difícil, diante do líder Flamengo, no Rio de Janeiro às 16h(horário de Brasília). O Cruzeiro, por sua vez, joga nesta quarta-feira pela Libertadores às 21h45, contra o Vasco, em São Januário.

O jogo

Nos primeiros minutos, o Internacional pressionava um Cruzeiro acuado em seu campo, e não conseguia sair com a bola. A primeira boa oportunidade foi em cobrança de falta do argentino D´Alessandro, a redonda passou raspando por cima do gol defendido por Rafael.

Aos 14 minutos, Bruno Silva recuou a bola, e Rafael defendeu com as mãos. O árbitro assinalou falta dentro da área em dois toques. Na cobrança, D´Alessandro rolou para Fabiano, que mandou uma bomba, mas pela linha de fundo. O Colorado seguia na pressão, Pottker cabeceou por cima, quase abrindo o placar.

Depois da pressão inicial, o Cruzeiro aos poucos tocava a bola para esfriar a partida, e tentar criar oportunidades. Porém, em pouco mais de meia hora com a bola rolando, a equipe era inofensiva, com o jogo ficando travado, e muitos erros de passe.

Entretanto, a Raposa seguia recuada no campo de defesa, enquanto os donos da casa seguiam tentando pressionar, mas sem criar grandes chances. A maioria das finalizações explodia na defesa cruzeirense. Assim, a primeira etapa acabou em 0 a 0, com algumas vaias e protestos da torcida, que pedia para os jogadores “honrarem a camisa”.

Na base da empolgação, os comandados de Odair Hellman começaram bem a etapa complementar, cercando a área do time de Mano Menezes, e quase saíram na frente com Patrick, depois de cruzamento da direita. Bem colocado, o goleiro Rafael fez segura defesa.

O Internacional seguia pressionando, explorando especialmente, o lado direito de seu ataque, com muitos cruzamentos. O Cruzeiro seguia muito recuado, só explorando os contra-ataques e nas bolas paradas. Mancuello levantou na grande área, e Bruno Silva cabeceou sem perigo algum.

Aos 10 minutos, Patrick recebeu perto da entrada da área e bateu, mas Rafael fez uma bela defesa, com a mão esquerda, evitando o gol Colorado. A Raposa respondeu com Sobis, em chute da entrada da área, bloqueado pela defesa.

O segundo tempo era bem melhor, com as duas equipes buscando o gol, mas com maior domínio dos donos da casa, Pottker tentou da entrada da área, e a bola passou raspando a trave. Aos 19, Odair Hellman promoveu a estreia do atacante Lucca, ex-Corinthians, no lugar de Leandro Damião, que não fez um grande jogo, e ainda levou um cartão amarelo.

Após um bom tempo sem chegar, o time Celeste quase saiu na frente com Sobis de cabeça, ganhando dos dois zagueiros, mas mandando pela linha de fundo. Entretanto, quem seguia brilhando era o goleiro Rafael, que fez mais uma grande defesa em finalização de D´Alessandro. Na sequência, Lucca acertou o travessão, o gol estava maduro, e o Inter era muito superior ao adversário.

Lucca entrou muito bem no jogo, e quase abriu o placar, mas Rafael defendeu, e salvava o Cruzeiro de uma derrota. A pressão do time gaúcho era muito grande. A Raposa conseguiu encaixar um contra-ataque com Raniel, mas o jovem atacante demorou demais para definir a jogada, e sequer finalizou. O Inter seguia melhor, mas não conseguiu converter sua superioridade em gols, e a partida acabou em 0 a 0.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 0 X 0 CRUZEIRO

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Fabiano, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado (Wellington Silva), Edenílson (Nico López), D´Alessandro e Patrick; William Pottker e Leandro Damião (Lucca). Técnico: Odair Hellmann

CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel, Manoel, Murilo e Marcelo Hermes; Lucas Romero, Bruno Silva, Mancuello (Ariel Cabral) e Robinho; David (Raniel) e Rafael Sobis (Rafael Marques). Técnico: Mano Menezes

Local: Estádio Beira Rio, em Porto Alegre (RS)

Data: 29 de abril de 2018, domingo

Horário: 19h00 (horário de Brasília)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)

Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)

Cartões Amarelos: Leandro Damião, Lucca e Iago (Internacional) e Marcelo Hermes, Ezequiel e Robinho (Cruzeiro)

Gazeta Esportiva