Cotação

USD/BRL
EUR/USD
USD/JPY
GBP/USD
GBP/BRL

Tempo

Pimenta aponta ligações dos Bolsonaro com as milícias do Rio

Em vídeo, o líder do PT alerta para a gravidade do escândalo envolvendo a família Bolsonaro e questiona ao que pode estar ligado o montante de dinheiro passando pela conta de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, que agora já chega em R$ 7 milhões; "Crime organizado? Milícias?", indaga; "É preciso que se dê a essa investigação a mesma atenção que foi dada a outras", defende, cobrando Dallagnol e Raquel Dodge; assista

20 DE JANEIRO DE 2019 ÀS 14:10 //

 

247 – O deputado Paulo Pimenta, líder do PT na Câmara, publicou um vídeo neste domingo 20 em suas redes sociais em que alerta para a gravidade do escândalo envolvendo a família Bolsonaro e questiona ao que pode estar ligado o montante de dinheiro passando pela conta de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, que agora já chega em R$ 7 milhões. "Crime organizado? Milícias?", indaga.

O escândalo da família Bolsonaro "ganhou outra proporção", diz ele, descrevendo as cifras divulgadas. Ele destaca que "a denúncia é gravíssima" e lembra que o caso está relacionado com as investigações da Operação Lava Jato. "Onde está Dallagnol e Raquel Dodge?", cobra, em referência ao procurador do Ministério Público da Lava Jato e à procuradora-geral da República. "É preciso que se dê a essa investigação a mesma atenção que foi dada a outras", acrescenta.

"O País pode estar nas mãos de uma quadrilha de bandidos e isso é algo muito grave. Muito mais do que vocês podem imaginar", conclui.

 assista: