Cotação do dia

USD/BRL
EUR/USD
USD/JPY
GBP/USD
GBP/BRL
Trigo
R$ 115,00
Soja
R$ 180,00
Milho
R$ 82,00

Tempo

Direção do TAC anuncia que pretende implementar o formato de clube-empresa

Estratégia será debatida com a comunidade e com possíveis investidores interessados.

 

João Schmitt e Edison Müller (Mila), em entrevista à Rádio 92 FM (Foto: Rádio Alto Uruguai)

 

A Rádio Alto Uruguai entrevistou nesta sexta-feira (22), o vice-presidente do Três Passos Atlético Clube (TAC), João Schmitt, e o tesoureiro do clube, Edison Müller (Mila), que detalharam uma nova estratégia que o TAC deve adotar nos próximos meses: tornar-se um clube-empresa. De acordo com João Schmitt, a manutenção de um clube de futebol, atualmente, difere muito de décadas anteriores, onde as receitas para que o clube disputasse competições, especialmente de nível profissional, eram buscadas através de patrocínios e campanha de associados, mas que duravam apenas o período em que o clube estava disputando efetivamente o campeonato.

A nova diretoria, formada em dezembro de 2021, estabeleceu como uma de suas metas, recolocar o Três Passos em competições da categoria profissional, mas com a montagem de elencos competitivos, que não utilizem apenas jogadores da base. Mas para que esse sonho possa se tornar realidade, mudanças de gerenciamento do clube precisarão ser realizadas, conforme explicou João Schmitt. Desde 2015, o TAC conta com a parceria do empresário Sandro Becker, que assumiu o comando administrativo e financeiro do clube, através de negociação contratual. O foco, desde o início do projeto Futebol com Vida, é a formação de atletas nas categorias de base. Ao longo destes oito anos, o TAC manteve-se sempre como um dos principais clubes nas competições de base promovidas pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF), tendo, inclusive, conquistado o vice-campeonato do Campeonato Estadual Sub-17, no ano de 2015, disputando a final contra o Inter. Neste período, atletas formados em Três Passos ganharam projeção nacional e até internacional, como é o caso do meia-atacante Luis Henrique (Boca), contratado inicialmente pelo Botafogo e, posteriormente, vendido ao Olympique de Marseille, na França, o que rendeu ao TAC, clube formador, a soma de mais de R$ 1,3 milhão, em uma das maiores transações envolvendo um clube do interior do Rio Grande do Sul.

Para Edison Müller (Mila), o clube precisa se tornar sustentável. Segundo ele, somente com receitas mensais e constantes, será possível manter o ótimo trabalho que vem sendo desenvolvido nas categorias de base, além de ampliar a projeção do clube, participando também das competições profissionais, especialmente a Segunda Divisão do Campeonato Gaúcho e a Copa FGF. A ideia da direção do clube é debater de forma muito transparente essa nova proposta com toda a comunidade, procurando atrair os sócios/investidores interessados em participar do clube-empresa, através de uma contribuição mensal, onde terão direito a participar das decisões do clube e, inclusive, tendo participação nos lucros de futuras transações de atletas. Outra meta da atual diretoria é adquirir cerca de 50% do patrimônio do CT Futebol com Vida, que hoje pertence à empresa que representa os negócios do empresário Sandro Becker. Este, segundo os dirigentes, seria um passo fundamental para também dar solidez ao futuro do jalde-negro, que já não conta mais com a possibilidade de utilizar um estádio municipal e, portanto, precisa também investir em um patrimônio que seja seu. Na próxima terça-feira, dia 26 de abril, a direção do TAC fará uma nova reunião, buscando aprofundar a discussão a respeito da implementação de um clube-empresa e planejar o debate que acontecerá com a comunidade e demais interessados.

TAC deve disputar a Copa FGF no segundo semestre Uma das intenções do Três Passos para este ano de 2022, além da disputa do Campeonato Estadual Sub-20, que já está acontecendo, é também disputar a Copa FGF, competição de categoria profissional, que acontece no segundo semestre. Diferentemente de 2021, o TAC pretende disputar a competição não apenas com atletas da base, mas também agregando em torno de quatro a cinco jogadores com um pouco mais de experiência, para tornar o elenco mais competitivo. Também há uma projeção de que o Três Passos volte a disputar a Segunda Divisão do Campeonato Gaúcho, em 2023. O torcedor do TAC quer a volta da equipe ao profissional e, mais do que isso, quer a volta do jalde-negro à Divisão de Acesso. Para isso, esse novo planejamento pensado pela diretoria, terá de funcionar, possibilitando que o clube tenha a estrutura necessária para tanto.

TAC encara o Juventude neste sábado, pela segunda rodada do Estadual Sub-20 Neste sábado, 23 de abril, a partir das 15h, o Três Passos entra em campo pela segunda rodada do Campeonato Estadual Sub-20. A equipe vai receber o Juventude, no CT Futebol com Vida. Se vencer, o time jalde-negro mantém a liderança do Grupo-A. O TAC foi a sensação da primeira rodada, ao golear o Veranópolis, na Serra Gaúcha, por 10 a 0. Com isso, a curiosidade do torcedor aumentou, para conhecer o elenco atual. O TAC venceu o Juventude de Caxias por um a zero. Fonte-92,5 FM///

Agenda