Cotação do dia

USD/BRL
EUR/USD
USD/JPY
GBP/USD
GBP/BRL
Trigo
R$ 115,00
Soja
R$ 180,00
Milho
R$ 82,00

Tempo

Perícia na eleição do Inter aponta sócios votando mais de uma vez e uso de robôs

Laudo foi pedido pela Justiça após ação movida por conselheiros.

 

Pleito que elegeu nova direção ocorreu em dezembro de 2020

Raul Pereira / Agência Lancepress!

 

A perícia designada para auditar a eleição do Inter, ocorrida em dezembro de 2020 e vencida pela chapa de Alessandro Barcellos, encontrou indícios de irregularidades. Entre elas, suspeitas de que robôs tenham ao menos tentado acessar o sistema de votação on-line, que sócios conseguiram votar mais de uma vez e que houve mais registro de votos do que os computados e que associados conseguiram escolher seu candidato mesmo após a expiração do código de confirmação.

A investigação se deu após a Justiça deferir o pedido de investigação que um grupo de conselheiros (a maior parte deles integrantes da chapa que ficou em segundo lugar, liderada por José Aquino Flôres de Camargo) moveu. "Com base na doutrina, considerando os pilares da segurança da informação e sistemas: a Confidencialidade, Integridade e Disponibilidade, não podemos considerar os sistemas como seguros, pois foram comprometidos os pilares da Integridade e Disponibilidade", diz um trecho da perícia. De acordo com a investigação, o sistema informou que houve 35.573 registros de votação, "sendo que vários usuários apareceram com mais de um registro – já que a soma dos votos foi de 29.041".

Em outro trecho, o perito afirma que "as análises realizadas demonstraram que vários sócios conseguiram registrar mais de um voto, gerando desconfiança na integridade do banco de dados". A outra suspeita é de que robôs tenham tentado ao menos entrar no sistema. Segundo a análise, 3.824 usuários geraram seus códigos de verificação pontualmente no mesmo instante, com precisão de milissegundos. "Como a arquitetura do sistema é baseada em serverless, é sabido que várias instâncias de um mesmo código executem em simultâneo podendo ocasionar tal coincidência, mas não com tamanho volume de requisições paralelas", aponta o relato.

 

 

 

GZH///

Agenda